sábado, 27 de novembro de 2010

Surtos pós HP7 - parte 1

Nem vou fazer resenha, nem nada, porque acho que quem foi ver o filme está muito mais na vibe "HP foi parte da minha infância/adolescência" do que "sou um crítico de cinema chato".

E, tirando os problemas estruturais que são muito mais do livro do que do filme, "Harry Potter e as Relíquias da Morte - Parte 1" foi MT BOM!

>A Warner demorou quatro filmes pra fazer uma adaptação decente \o/ Já era hora!!!!

> O DÃ ATUOU, A-T-U-O-U!! Tirando o primeiro filme onde todo mundo parecia perfeito em seus papeis, tivemos que passar por um pseudo choro no 3º, com o "he was their friend", depois uma pseudo raiva no 5º, com o "look at me", mas dessa vez ele atuou!!
Rolou um fight legal com o Rony e eu super me emocionei na cena do cemitério (lógico que a maquiagem pra deixar os olhos vermelhos e inchados ajudou, maaas...). Que emoção *-*

> "Seven Potters" ALOOUCA
E finalmente o Bill Weasley apareceu. E foi tão espontâneo; como se as pessoas que só vêem os filmes fossem saber quem ele é...

> O rapaz do "I feel you, Johanna", do Sweeney Todd (e recentemente alguém em Crepúsculo) nem ficou tão ruim como Grindelwald. Tá certo que ele não fez nada até agora, mas mesmo assim funcionou. Teve até a cena dele pulando a janela e tuudo :)

> Eu não chorei com o Dobby e achava ele chato demais. Depois de transformarem o Neville em tapa-buraco pra não gastarem dinheiro digitalizando o pobre elfo, ele ressurge das cinzas sendo super simpático e amigo ¬¬ Não sentirei falta :x (eu também acho o Hagrid chato :xxx)
Aliás, o que eu não chorei pelo Dobby, chorarei por todos os personagens que morrerão no massacre da serra elétrica, vulgo próximo filme. A mulher escolheu a dedo os que eu mais gostava ;-;

> HELENA DIVA E LOUCA *-* Lúcio Malfoy só diva mesmo UHGFHIOFGHSFIOGHFIOG

> WTF todas essas referêcias à II Guerra? Seriously, propagandas em vermelho e preto + fonte retrozinha + SS guardinhas do Ministério com listras vermelhas na manga + marcar "mudblood" no braço da Hermione...
Se bem que o que mais tem é o povo comentando o quanto que o Voldemort é nazi O.o

> Vibe Senhor dos Anéis total com o medalhão, né? Com direito a pessoas irritadinhas, olheiras e cenas gravadas no topo de um penhasco (y)
Vergonha alheia com aquele beijo lá. Eu fui tão mais inocente lendo o livro :x

> A Warner não consegue viver sem Harry/Hermione. O livro já tem partes assim e eles ainda incluem aquela dancinha lá :^)

> Eu e o resto do cinema rimos muito de nervoso com a velha da cobra :x Coitada. Sério, foi tenso ._.
Depois rimos da legenda zoada com o seguinte diálogo:
Rony: "eu achei que fosse o seu Patrono"
Harry: "não, meu Patrono é um veado"
Pra evitar conotações a gente usa cervo, ok?

> Cadê os pavões albinos extravagantes? CADÊ? Brimmks -n-s-n

> Por fim, AMEI AMEI AAAMEEEI o fato deles terem desencanado dessa ideia de "é só a adaptação de um livro infanto-juvenil"... Certos recursos dramáticos utilizados foram dignos de qualquer eventual filme de drama. Sem deixar a desejar mesmo.
Ênfase pra parte em que falam os nomes dos desaparecidos no rádio e o Rony tá lá todo tenso com o medalhão.

> Uma das parte mais bem feitas, criativas e legais, CLARO, foi a parte do "Conto dos Três Irmãos". Eu tava assim, boquiaberta, com os olhos esbugalhados, quase babando de tão legal que ficou *__________*

Até vale a pena algo que você acompanha desde os nove anos acabar, se for pra fazerem algo tão caprichado assim. Claro, que quando eu pensar com mais calma, surgirão algumas críticas e tal, mas, por enquanto, TÁ ÓTIMO ASSIM!!!

sábado, 20 de novembro de 2010

Momento Vev's Dorgas

"I need to take a vacation
Give me some Saturday time"

Olha que legal, transformaram o sentimento da população do planeta em uma música *-* (e eu ouvi a música e passei o resto do dia com ela na cabeça ¬¬)
Tirando os brâmanis, na Índia, que vivem no ócio divino...

Pois é, eu preciso de férias DO MUNDO!!!
Sério mesmo, estou num estresse horrível DD:
E pra abrilhantar, tive um princípio de ataque de asma na frente de várias pessoas, porque fui parar num corredor cheio de livros empoeirados e guardados desde a época de Cabral, sei lá. Tudo isso ao procurar a sala da aula que descobri depois não iria ter\o/

E a melhor parte é quando você está no meio da rua e a chuva mais torrencial da cidade resolve desabar em cima da tua cabeça. Minhas amígdalas tonsilas palatinas resolveram dizer "olá" depois disso tudo...
Dentre outra série de desventuras...
Obrigada por tudo Murphy:*

Neste momento o Estado deveria honrar a Constituição e zelar pela minha vida me dando um mês de graça num spa beeeeeeeem longe. Grata.

__
Só pra não dizer que esse foi um post desabafo drama queen (porque não foi!) farei um pequeno comentário sobre o clipe da musiquinha lá em cima. E também porque eu não quero me sentir contraditória comigo mesma(!!!) não que alguém se importe

Eu AMO AMO AAAAMO coisas retrôs, mas meu retrô é mais vermelhão, bolinhas, vestidos rodados e cabelos com ondinhas, ou coisas bem vintage mesmo com rendas e lacinhos... Essa vibe fim dos anos 60/anos 70 eu acho meio tensa, apesar de toooodo mundo gostar.
E assim... Não há necessidade de fazer cosplay do finado Paul McCartney :xx Se bem que pra alguém que já se vestiu de "Oliver Twist adotado pelo Conde Olaf", é... :^)
Sem contar que o clipe ficou TÃO vintage que fiquei com impressão de que todo mundo nele já morreu O.o

O lado bom é que ouvindo o menine cantar eu tive uma epifania de tudo o que o meu professor de canto já me mandou não fazer =D