segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Já cansaram de blablablás sobre o Oscar?

     Só algumas considerações sobre o que rolou. Até porque eu disse pra mim mesma que ia dormir, mas acabei vendo tudo. Autocontrole pra quê?
     Esse foi o ano em que eu acertei tudo em que dei palpite. Isso nunca mais vai acontecer e eu nunca vou ganhar um ano de cinema grátis no Cinemark #chatiada

     A noite começou com Django, Christoph Waltz ganhou Melhor Ator Coadjuvante. Não tenho do que reclamar; muito  um pouco mais tarde, Tarantino ganha Melhor Roteiro Original, e alguém deveria ter arrumado o terno dele. Logo depois vieram duas categorias que eu tinha meu favorito e não abria mão: Melhores Efeitos Visuais e Melhor Fotografia. Os Avengers chegaram lá cadê Loki? Cadê? e anunciaram que As aventuras de Pi ganhou ambos. Não esperava menos de um filme 90% CGI, céu de aquarela e bichinhos feitos pelinho por pelinho.
Gimme a roar, Richard Parker!


Jennifer caindo todo mundo já viu,
vamos ver quem deveria ter ganhado...
       Já que falei de ator, vamos logo comentar sobre esse vespeiro. Daniel Day-Lewis ganha Melhor Ator, mas uma amiga minha jura que o cara que faz Lincoln em Lincoln, o caçador de vampiros é melhor eu ainda não vi o filme, mas é o Day-Lewis, né? Melhor Atriz Coadjuvante pra princesa de Genóvia - como esperado -, e foi uma das únicas coisas que eu realmente gostei em Les Mis. Agora vamos falar de menina Jennifer Lawrence ganhando Melhor Atriz e caindo na escada. Ela é linda e talentosa, maaaas só de ver as cenas da Emmanuelle Riva em Amour eu me arrepiava!
(Btw, não tenho coragem de ver esse filme). Mas a Academia tem essas coisas de não querer dar prêmio pra gringo (Rio que o diga)...

       E então chegou o momento mais esperado por mim: Melhor Trilha Sonora. Tem gente que faz maratona de filmes, eu até tento, mas não abro mão de ouvir todas as trilhas indicadas! Meu coração é do John Williams, mas a música de Lincoln é tão... normal. Por um tempo, apesar de não gostar dela no filme, a trilha de Pi estava me ganhando. O trabalho do Mychael Danna em misturar música ocidental com aquelas loucuras da música oriental é muito digno. Porém, Anna Karenina apareceu na minha vida. Cheguei a falar que a briga ficaria entre a cítara e a balalaica e a cítara venceu. Não era o meu preferido, mas tá bom (:
(Ok. Ouvir Under Paris Skies versão indiana é algo bem inesperado, e a galera na cerimônia pareceu concordar)

Número musical do Ang Lee:
"what a wooonderfuuul wooorld"
   Falando em As aventuras de Pi, o BOOM na minha cara foi quando o Ang Lee ganhou o Oscar de fofura Melhor Diretor. Por essa eu não esperava mesmo! Pior que só tinha gente forte nessa categoria, aí fica difícil. Mas já que ganhou, não achei ruim. O lance do livro ser "inadaptável" não é por causa da dificuldade em transformar em roteiro, mas sim como aquilo no roteiro iria ganhar vida. O diretor precisaria ser o Hayao Miyazaki criativo e ousado; no caso, o Ang Lee apostou em filmar em 3D e quase tudo digital, além de direcionar um menino que nunca tinha atuado na vida... Se o diretor não fosse bom, o filme seria sofrível!

  E então Argo começou a mostrar as asinhas. Melhor Roteiro Adaptado (super merecido!) aqui, Melhor Edição ali... Até que Michelle Obama, sim, a própria, a diva, anuncia o vencedor de Melhor Filme, justo ele: Argo fuck yourself. Eu gostei muito desse filme, no nível de torcer pro povo da embaixada conseguir ir embora e ficar agoniada na cena do aeroporto, mas não acho que seja um mega filme, não! Mas vamos analisar as circunstâncias. É claro que ia rolar filme patriota - com a expansão do cinema, a gente costuma esquecer que a festa é dos Estados Unidos -, minha dúvida era Lincoln ou Argo. Imaginei que Argo ganharia por motivos de: 1.tratar de um assunto mais moderno e mostrar os EUA sambando na cara do Oriente Médio; 2. é um filme metalinguístico, tipo Hugo, sabe? Em vários momentos eles falam sobre como é fazer um filme, mas dessa vez do ponto de vista dos produtores. 
         
Tentaram me esnobar?
Na sua cara!!
       Todo ano é a mesma coisa. Tem o filme que você mais gosta, tem o filme que os outros gostam mais. Tem o filme que você sabe que é bom, mas tem preguiça de ver. Tem os injustiçados, tem as surpresas. E, depois, tem um bando de gente discutindo ad aeternum... Não sei quem tá lendo, mas eu fiquei satisfeita. Tinha filmes muito bons em todas as categorias e os prêmios ficaram, relativamente, bem distribuídos. Sem síndrome de Titanic, faz favor.

Considerações finais:
> Melhor piada do Oscar: o ator que entrou melhor na cabeça de Lincoln foi John Wilkes Booth. COMO EU RI! (pros que não são muito chegados em História: Booth, um ator bem conhecido na época, assassinou o presidente Lincoln com uma bala na cabeça.)
> Oscar 2013 providenciando momentos como: Harry Potter e Robin sapateando juntos.
> É impressão minha ou o Leaf Joaquin Phoenix não gostou... de ser indicado? Eu sei que ele tem umas tretas com a Academia... #SddsRiverPhoenix
"Podia ter ficado em casa dormindo..."
> Kristen Stewart toda roxa, mancando e apresentando categoria com a animação de uma escova de dentes.
> Cadê DiCaprio? Cadê? Anotem aí, quando ele ganhar vai ser por um papel muito fraco, só pela redenção mesmo.
> Spielberg + John Williams: o que está acontecendo com vocês, queridos? Cansaram de ganhar prêmio?

E um pouco de Aaron Tveit, porque merecemos.
Reparem na pose "licença, sou da Broadway".

(via http://www.zimbio.com/Going+Viral/articles/GRcCO4OSXr-/The+Best+Oscar+2013+GIFs)

           

8 comentários:

  1. Nossa, morri de rir com os giffins! Principalmente do Aaron Tveit! Ele é tão lindo!!

    Adorei o post amiga! Concordo com você em alguns pontos sim ( quase todos) ahaha

    P.s.: Voltei a trabalhar hoje.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Karlinha do Coffee and Movies disse que gostou do post = OMG
      Ah, prevejo o número de fãs de musicais aumentando exponencialmente agora
      FOGIHDGOIFHGSOIDFGHOIFGHOIDGHFDOI

      Excluir
  2. Eu tava torcendo pro Ang Lee só pra ser do contra, e deu o cara. Me senti até um pouco ~especial~. Acho que ator e atriz coadjuvantes foram os mais óbvios de se ganharem, embora não entenda esse bafafá da Anne, ela ficou pouquíssimo no filme, em compensação as outras. Já ator coadjuvante achei que daria Tomy Lee Jones porque o Christoph Waltz acabou de ganhar um. Já atriz tava na dúvida entre a Jessica e a Jennifer, até parece que a Academia daria o prêmio (merecidamente) pra Emmanuelle, eles sempre esnobam gringos. (Fernanda Montenegro perder pra Gwyneth Paltrow). Daí prefiro a Jennifer, porque a proposta de A Hora mais Escura não me agrada muito. Todos os prêmios de Pi e de Argo eu comemorei feito louca. Principalmente quando Argo ganhou melhor filme, já que achei muita sacanagem o Ben ter saído da disputa de diretor, onde podiam ter tirado o David O Russell. Agora queria tanto que Fresh Guacamole ganhasse como melhor curta de animação. Adorei discurso do Tarantino, também. Enfim, acho que foi bem mais legal, a entrada, as piadas e claro, Catherine Zeta-Jones cantando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não lembrava disso da Fernanda Montenegro!! AFF
      Ainda não vi A Hora Mais Escura, tô com preguicinha, sabe... Então não posso opinar sobre a moça, mas rolou um boicote a esse filme, no geral.
      Até hoje não entendi porque o Ben Affleck ficou de fora. Eu achei super awkward ganhar filme e não ganhar diretor, sei lá, estou acostumada a os dois virem juntos (:
      HAHAHAHA eu também me senti meio especial quando o Ang Lee ganhou, foi meio surreal!

      Excluir
  3. Olha concordo com vc para ator coadjuvantes poderia ser qualquer um deles e todas as escolhas seriam justas.Para ator principal a única escolha que eu não entendi em estar entre os atores principais indicados foi o Bradley Cooper e a ausência do Leonardo Di Caprio.
    Agora em relação a melhor atriz a estatueta para mim ou seria da Emmanuelle Riva ou então da Jessica Chastain a atuação de ambas e consistente e emocionante sem ser piegas, no entanto sei lá a 85th Academy Awards entendeu que dar o Oscar para a Jennifer Lawrence poderia atrair o público juvenil,o que de fato aconteceu basta ver as redes sociais,o filme o lado Bom da Vida é uma comédia romântica e como todas previsível do começo ao fim , e sua atuação é legal mas não para ganhar o Oscar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cismaram mesmo que esse Oscar era dela!
      Eu vi muita gente que não gostou do Lado Bom da Vida...
      Ausência do Leonardo DiCaprio... Eu meio que desisti depois de O Aviador D:

      Excluir
  4. Eu fiquei surpresa foi que o Joaquin Phoenix voltou a atuar. Na minha cabeça, ele ainda tá com aquela barba enorme cantando rap. oO Não sei que fim deu esse surto do moço. hahahahaha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu ouvi falar que essa época sombria da vida do Joaquin Phoenix era tudo pra um mockumentary. Enfim, acho que ele continua meio surtado...

      Excluir